Análise do perfil lipídico de pacientes pré e pós cirurgia bariátrica realizados em um ambulatório hospitalar de obesidade mórbida de Joinville – SC

  • Bianca Araujo Moraes Faculdade Bom Jesus - IELUSC
  • Marilyn Gonçalves Ferreira Kuntz Faculdade Bom Jesus - IELUSC
Palavras-chave: Obesidade, cirurgia bariátrica, derivação gástrica, dislipidemia.

Resumo

Objetivo: O presente trabalho teve por objetivo analisar as modificações ocorridas no colesterol total, colesterol-LDL, colesterol-HDL e triglicerídeos, além da redução de peso após noventa dias do pós cirúrgico. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, no qual foram avaliados 21 pacientes submetidos a cirurgia bariátrica, através da técnica de Derivação Gástrica em Y de Roux e posteriormente acompanhados no ambulatório de obesidade morbidade (OBESIMOR), em Joinville, Santa Catarina. As informações clínicas foram obtidas dos prontuários eletrônicos de cada indivíduo antes e após o procedimento cirúrgico. Os dados da analise foram considerados significativos para resultados de nível descritivo p igual ou inferior a 5% (p < 0,05), considerando intervalo de confiança (IC) de 95%. A análise dos dados foi realizada com auxílio do software GraphPad Prisma para Windows, versão 5.0. Resultados: Após 90 dias da realização da cirurgia bariátrica a perda de peso foi de 10%, regredindo o índice de massa corporal de obesidade grau III para obesidade grau II. Quanto ao perfil lipídico houve redução do colesterol total em 32,4mg/dL (p<0,001), o colesterol-LDL diminuiu 23,9mg/dL (p<0,001) e o triglicerídeos reduziu 40,2mg/dL (p< 0,003), no entanto o colesterol HDL também apresentou discreta diminuição de seus valores 3,8mg/dL, porém não foi estatisticamente significativo. Por fim, a razão triglicerides/HDL-C após a cirurgia obteve resultado satisfatório <3,5 (p<0,004). Conclusão:   Na população estudada, a cirurgia bariátrica possibilitou impactos positivos no perfil lipídico, minimizando os fatores de risco para doenças cardiovasculares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marilyn Gonçalves Ferreira Kuntz, Faculdade Bom Jesus - IELUSC

Professora Dra. Marilyn Gonçalves Ferreira Kuntz
Linha de pesquisa em Nutrição Clínica e Segurança Alimentar e Nutricional. 

Referências

Elrazek AE, Elbanna AE, Bilasy SE. Medical management of patients after bariatric surgery: Principles and guidelines. World J Gastrointest Surg. 2014;6:220–228.

Magno FCCM, Silva, MS, Cohen, L., Sarmento LA, Rosado, EL, Carneiro JRI. . Perfil nutricional de pacientes em programa multidisciplinar de tratamento da obesidade grave e em pré-operatório de cirurgia bariátrica. ABCD Arq Bras Cir Dig. 2014;27(Suplemento 1):31-34.

ABESO.Mapa da Obesidade. [Internet]. 2009. [acesso em 20 nov 2016]. Disponível em: http://www.abeso.org.br/atitude-saudavel/mapa-obesidade.

Portal Brasil. Ministério da Saúde. Mais da metade dos adultos está acima do peso [Internet]. 2015. [Acesso em 2015 nov 20]. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/saude/2015/08/mais-da-metade-dos-adultos-estao-acima-do-peso.

Leal, CMS,Franca, PMFM, navarro AC. Cirurgia bariátrica, uma análise sobre este tratamento no controle da obesidade. Rev. Rbone. Fev. 2010;4:46-53.

Pereira LP, Sichieri, R, Segri NJ, Silva RMVG, Ferreira MG. Dislipidemia autorreferida na região Centro-Oeste do Brasil: prevalência e fatores associados. Ciênc. Saúde Coletiva Jun, 2015; 20(6): 1815-23.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. VIGITEL. Brasil 2012: Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico. Brasília: Ministério da Saúde, 2013.

Ties JS, Zlabek JA, Kallies KJ, Al-Hamadini M, Kothari SN. The effect of laparoscopic gastric bypass on dyslipidemia in severely obese patients: a 5-year followup analysis. Obes Surg. 2014; 24(4):549-53.

Martelli A. Aspectos fisiopatológicos da aterosclerose e a atividade física regular como método não farmacológico no seu controle. Rev. Saúde e Desenvolvimento Humano. 2014; 2(1): 45-52

De Matos, LS., Zafra, V B, Elias, RM, Nogueira, PLB, Silva, LM. (2016). Gênese da aterosclerose em crianças e adolescentes. Connection line. 2016; n.14: 27-35

Arroyo, LAR, Rodríguez, Á D, Sala, XP, Payeras, AC, Tarruella, J R. Efectividad y satisfacción del tratamiento de la dislipidemia con pitavastatinastudio observacional, postautorización, descriptivo y multicéntrico (estudio REINA). Clínica e Investigación en Arteriosclerosis. Mar,2014; 26(5), 205-217

Silva, PT, Patias LD, Alvarez GC. Perfil de pacientes que buscam a cirurgia bariátrica. ABCD ArqBrasCirDig. Jul. 2015;28(4): 270-273

Barreto SM, Diniz MFHS, Kelles SMB, Machado CJ. Perfil de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica, assistidos pelo Sistema Único de Saúde do Brasil: Revisão sistemática. Cad Saúde Pública. 2015; 31(8):1587-601.

Borisenko, O, Adam, D, Funch-Jensen, P, Ahmed, A, Zhang, R, Colpan, Z, Hedenbro, J. Bariatric Surgery can Lead to Net Cost Savings to Health Care Systems: Results from a Comprehensive European Decision Analytic Model. ObesitySurgery. 2015; 1–10

Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Quase 60% dos brasileiros estão acima do peso, revela IBGE [Internet]. 2015. [acesso em 21 nov 2016]. Disponivel em:http://www.abeso.org.br/noticia/quase-60-dos-brasileiros-estao-acima-do-peso-revela pesquisa-do-ibge.

WHO, World Health Organization. Physical Status: The Use and Interpretation of Anthropometry. Report of a WHO Expert Committee. Geneva. 1995; 439p.

Sociedade Brasileira de Cardiologia. III Diretrizes Brasileiras sobre Dislipidemias e Diretriz de Prevenção da Aterosclerose. Arq Bras Cardiol. 2001;77 Suppl III.

Vieira RAL, Silva RA, Tomiya MTO, Lima DSC. Efeito da cirurgia bariátrica sobre o perfil lipídico mais aterogênico em curto prazo. Nutr. clín. diet. hosp. Fev. 2015; 35(1): 24-31.

Martins, MV; Souza, JD; Martinho, KO; Franco, FS; Tinôco, ALA. Associação entre razão Triglicerídeos e HDL-colesterol e fatores de risco cardiovascular em idosos atendidos na estratégia saúde da família de Viçosa, MG. Rev. bras. geriatr. gerontol. 2017; 20:2

Costa, TMR; Paganoto, M.; Radominski RB; Borba, VZC. Impacto da deficiência nutricional na massa óssea após a cirurgia bariátrica. Arq. bras. cir. dig. 2016; 29(1):38-42

Silveira Jr S, Albuquerque MM, Nascimento RR, Rosa LS, Hygidio DA, Zapelini RM. Repercussões nutricionais em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica. Arq. Bras. Cir. Dig. 2015; 28(1): 48- 52

Santos TD, Burgos, MGPA, Lemos, MCC, Cabral, PC. Aspectos clínicos e nutricionais em mulheres obesas durante o primeiro ano após bypass gástrico em y-de-roux. ABCD ArqBrasCirDig. Fev. 2015;28(Supl.1): 56-60

Barros, LM, Caetano, JÁ, Araújo, TMD, Frota, NM, Moreira, RAN. Avaliação dos resultados da cirurgia bariátrica. Mar.2015; 36(1):21-7.

Ferraz EM; Arruda PCL; Bacelar TC; Ferraz AAB; Albuquerque AC; Leão CS. Tratamento cirúrgico da obesidade mórbida. Rev Col Bras Cir. 2003; 30(2): 98-105.

Moreira, MA, Silva, SA, Araújo, CMS. Avaliação clínico-nutricional de obesos submetidos ao bypass gástrico em Y de RouxChristiane Carmem Costa do Nascimento. Acta Gastroenterológica Latinoamericana. Set. 2010; 40(3): 244-250

Vila M, Ruíz O, Belmonte M, Riesco M, Barceló A, Perez G et al. Changes in lipid profile and insulin resistance in obese patients after Scopinarobiliopancreatic diversion. Obes. Surg. 2009; 19(3): 299–306.

Silva, MAM, Rivera, IR, Barbosa, EMW, Crispim, MAC, Farias, GC, Fontan, AJA, Bezerra, LGSS. Frequência de fatores de risco cardiovascular antes e 6 e 12 meses após gastroplastia. Rev. Assoc.med.bras. 2013; 59(4): 381-386.

Salazar MR, Carbajal HA, Espeche WG, Aizpurúa M, Maciel PM, Reaven GM. Identification of Cardiometabolic Risk: Visceral Adiposity Index Versus Triglyceride/HDL Cholesterol Ratio. The American Journal of Medicine. 2014 (127): 152-157.

Oliveira, MAM; Fagundes RLM; Moreira EAM; Trindade, EBSM; Carvalho, T. Relação de Indicadores Antropométricos com Fatores de Risco para Doença Cardiovascular. Arq. Bras. Cardiol. 2010; 94(4): 451–457.

Fortes, AA; Sena, LG; Gomes, MHS; Ramos, TB; Gobatto, LN; Conceição, AP; Medeiros, MEB; Jairza, M. Razão TG/HDL-c, indicadores antropométricos e bioquímicos de risco cardiovascular no renal crônico em tratamento conservador. Nutr. clín. diet. hosp. 2017; 37(4):10-16.

Publicado
2019-09-05
Como Citar
Moraes, B. A., & Kuntz, M. G. F. (2019). Análise do perfil lipídico de pacientes pré e pós cirurgia bariátrica realizados em um ambulatório hospitalar de obesidade mórbida de Joinville – SC. Revista Da Associação Brasileira De Nutrição - RASBRAN, 10(1), 9-14. Recuperado de https://www.rasbran.com.br/rasbran/article/view/730
Seção
Artigos Originais