Estado nutricional de adultos atendidos em Estratégias de Saúde da Família de um município do Vale do Paranhana – RS

Resumo

Os objetivos deste estudo foram avaliar o estado nutricional, consumo alimentar e identificar as patologias mais prevalentes de adultos atendidos em Estratégias de Saúde da Família (ESF). Foi realizado um estudo com delineamento transversal, observacional e de abordagem quantitativa. Os parâmetros antropométricos avaliados foram peso, altura e circunferência da cintura, e aplicação de dois questionários, um sobre dados socioeconômicos e clínicos e outro sobre consumo alimentar. Os dados foram analisados por meio do software SPSS versão 25.0 e as variáveis foram relacionadas através do teste Qui-quadrado de Pearson. Foram avaliados 180 adultos de ambos os sexos, destes 29,4% estavam com sobrepeso e 42,8% com obesidade, houve prevalência de doenças crônicas, principalmente hipertensão arterial sistêmica (HAS) e elevada tendência para o consumo de alimentos doces. Houve associação significativa entre o diagnóstico nutricional de obesidade e hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus, dislipidemias, depressão, adiposidade abdominal e uso de medicações. Não houve associação significativa entre o consumo alimentar e obesidade. O estudo demonstrou elevada prevalência de excesso de peso (sobrepeso e de obesidade), de doenças crônicas não transmissíveis e consumo de alimentos ultraprocessados doces, sendo necessárias estratégias de enfrentamento a essas comorbidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-01-05
Como Citar
Gottlieb, T., & Winter, C. (2021). Estado nutricional de adultos atendidos em Estratégias de Saúde da Família de um município do Vale do Paranhana – RS. Revista Da Associação Brasileira De Nutrição - RASBRAN, 12(1), 88-103. https://doi.org/10.47320/rasbran.2021.1965
Seção
Artigos Originais